6.5.11

É hoje!


Acordar em dia de estréia é muito doido. Uma lista de tarefas à frente e mil pensamentos e possibilidades na cabeça. Acordar assim num quarto de hotel é pra mim totalmente novo, e curiosamente gostoso. Faz sol agora em Porto Alegre, embora o site de previsão do tempo diga que lá fora está 14 graus. Confesso que ainda não abri o vidro da janela, mas meus planos de sair de vestidinho e sandálias podem estar seriamente comprometidos.

Às 12h30 vou dar uma entrevista na TVE daqui, ao vivo, num programa chamado Estação Cultural. Às 18h dou outra pelo telefone pra uma rádio. Ah ser estrangeiro, como é bom... Na verdade esses contatos vieram do André Pellenz, diretor do "Natália", série linda que eu montei e que estreou domingo passado na TV Brasil e em várias TVs Educativas pelo Brasil. Então hoje na tv e no rádio eu sou a poeta que estréia um espetáculo essa noite e a montadora da série que está em cartaz na tv. Parece um bom currículo pra uma sexta-feira de maio.

A tarde vai ser de descobertas: quantas das minhas idéias pro espetáculo dessa noite vão funcionar no Ocidente? Quanto do trabalho que eu venho fazendo com direção da Ana Kutner vai ser possível aproveitar? Vai dar pra usar o lindo figurino que a Mel Akerman me ajudou a bolar? Que adaptações vou ter que fazer? Nada está definido e pela primeira vez em muito tempo isso não me assusta. Meus poemas funcionam sem maiores aparatos - ontem disse uns no palco do Quintana's Bar, na Casa de Cultura Mario Quintana, e de novo os gaúchos me pegaram pela mão e me botaram no colo com aplausos e abraços e palavras entusiasmadas - os poemas têm vida própria e as outras coisas vêm só somar. Quero tudo, poemas, vídeos, cenário, figurino, mas não preciso de nada mais que palavras, e isso sim é um conforto.




3 comentários:

Karin Lorien Menoncin disse...

Sensacional teus poemas!! Fiquei fã dos teus poemas e da forma como declama!! Te vi ontem lá na Casa de Cultura e foi demias!! Parabéns pelo trabalho!!

Bia Romero disse...

Feliz ver você assim produzindo, realizando coisa tão bacana. Espero que tenha sido ótimo ontem. Parabéns super! Beijos.

maria rezende disse...

Meninas, obrigada! Foi incrível ter feito, ainda com muito trabalho pela frente, cheio de coisas pra resolver, mas foi bom demais botar o bloco na rua, ainda mais em POA, que é minha segunda casa poética...
Karin, que bom que você curtiu assim, muito obrigada!
Bia, que bom te ver por aqui!
Beijos, Maria