16.2.13

E se o dinheiro não existisse?

Faz muito muito sentido depois de ter pago uma bela grana prum cara me levar pra sentir por dez minutos o que é voar pelos ares com só uma asa de tecido e alumínio entre a gente e o chão. A primeira coisa que eu pensei, quando consegui deixar de ser só emoção e pensar em alguma coisa, foi: imagina passar o dia todo fazendo isso? Eis aí um belo jeito de viver. Talvez os pais dele quisessem que ele fosse advogado ou médico, que tivesse um "bom emprego", mas não. Homem voador, ele escolheu. E não vai ter casa em Angra nem lancha mas estava de tênis da Osklen que eu vi e sorri na hora. Tô aqui pensando o que eu faria se o dinheiro não existisse, e em que medida eu já faço. Eu seria só poeta? Vivo me dizendo que não gostaria, mas as razões têm todas a ver com o dinheiro, claro. E você, faria o que?



 








Pra quem quiser virar pássaro um pouquinho e experimentar a vida do Paulão: www.flytourbrazil.com

Um comentário:

Lucian Rodrigues Cardoso disse...

Passo por esse momento na vida. Talvez dure só até hoje, talvez amanhã, talvez pra sempre... Mas, por hoje, acabou! Obrigado pelo texto, vídeo e fotos! Ficaria honrado se pudesse passar no meu amador e humilde espaço! Abraços, Maria!